Singularidade: fotógrafa de Faxinal dos Guedes idealiza projeto voltado para nu artístico

9 de outubro de 2019 08:50 | Visualizações: 3358
Comunidade , Faxinal dos Guedes , Variedades Compartilhar no Whatsapp
Singularidade: fotógrafa de Faxinal dos Guedes idealiza projeto voltado para nu artístico Fotos: Arquivos Pessoais

O amor pela fotografia está no sangue da faxinalense Suelen Oliveira. Seguindo os passos do pai, a jovem encontrou na profissão a sua paixão pelo trabalho. Aprimorando as técnicas e buscando elevar a autoestima de mulheres, a fotógrafa idealiza o Projeto Singularidade.

A arte é considerada mais ousada, mas o nu artístico vem conquistando cada vez mais espaço. A fotógrafa explica que o principal objetivo é fazer com que as mulheres se aceitem como elas são, indiferente dos padrões de beleza propostos pela sociedade.

– O projeto singularidade é voltado para ensaios sensuais onde o objetivo é retratar a beleza de cada ser em sua “singularidade” não obedecendo padrões de beleza que a sociedade exige, precisamos nos aceitar como somos. A frase oficial do projeto é: “é na singularidade de cada ser, que a beleza encontra seu lugar” e a ideia desse projeto é justamente essa, fazer a pessoa fotografada se achar linda e empoderada a ponto de se amar como realmente é – comenta Suelen.

A ideia de realizar o projeto surgiu após Suelen se fotografada em outra ação que tem o mesmo objetivo. Ela frisa que a experiência é única e quer repassar isso às suas clientes.

– A ideia de ser fotografada antes de lançar o projeto foi para se colocar no lugar da cliente. Geralmente na correria do dia a dia a gente não pensa nisso, mas como a fotografia sensual exige uma aproximação e um cuidado maior com a modelo, decidi sair por de trás da câmera por um dia, e foi simplesmente maravilhoso. O Daniel Quadros que foi o profissional que me fotografou, e o qual fiz consultoria de ensaio também, é muito competente no que faz, e realmente depois que tu fazes um ensaio sensual vê que não é esse bicho de sete cabeças que todo mundo pensa. De forma pessoal, me senti linda, empoderada, e dona de mim, vi que na vida não há barreiras para ser feliz, basta querer e dar o melhor da sua versão para se sentir bem consigo mesma – diz.

Muitas mulheres, jovens e adultas, buscam retratar e eternizar seus corpos através das lentes de uma câmera para poder se sentir livres e se expressar de uma forma diferente e é isso que Suelen busca.

– Quero mostrar que a mulher não precisa ser definida e solteira para fazer um ensaio sensual, que ela tem que se amar em qualquer fase de sua vida e registrar esse momento, pois um dia esse nosso brilho que vem de dentro vai se apagar, e a fotografia é o único modo de eternizar isso. Quero mostrar que a sociedade precisa reconhecer o lado profissional quando vê uma foto assim publicada, pois para chegar no resultado de uma foto boa, são vários fatores, incluindo muito estudo fotográfico – salienta.

A fotógrafa faz um convite para as mulheres se desafiem e realizem o ensaio.

–  O momento é agora. Se a pessoa tem um objetivo, seja de emagrecer, ou dar uma melhorada no visual, marque a data do ensaio e use essa data como objetivo, porque todas nós podemos sim mostrar quem realmente somos – conclui.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais