Menu Direita

Preço do leite dispara nos supermercados e faxinalenses sentem impacto no bolso  

Alessandra Bagattini | Agricultura | 25/03/2020 18:48
Preço do leite dispara nos supermercados e faxinalenses sentem impacto no bolso   Foto: Divulgação
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 7210

O preço do leite em Santa Catarina registra subida de até 50%, conforme Paulo Cesar Lopes, presidente da Associação Catarinense de Supermercados (Acats). Segundo o representante, os estabelecimentos repassam o valor definido pelos produtores. Valter Antônio Brandalise, presidente do Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados (Sindileite-SC), garante que o aumento não tem ligação com a crise do coronavírus 

A situação é vivenciada pelos faxinalenses que passam a sentir no bolso essa mudança. De acordo com Edson Marció, secretário do Sindicato do Comércio Varejista dos Gêneros Alimentícios do Alto Irani (Sigavai), não se tem uma explicação para o aumento, uma vez que comerciante tem pago até R$ 1,00 a mais pelo litro.  

Procon notifica empresas  

Conforme o Procon Estadual, três empresas de laticínios foram notificadas depois que o órgão recebeu uma denúncia sobre o aumento repentino em alguns de seus produtos. De acordo com a notificação, as empresas terão 24 horas para enviar ao Procon e ao Ministério Público uma justificativa para o aumento desses valores, que foram repassados aos estabelecimentos comerciais e, por consequência, irá pesar no bolso do consumidor.  

Até a semana passada, era possível encontrar nas prateleiras dos supermercados o leite de uma das empresas por R$ 2,20, hoje (25) o valor proposto é de R$ 3,10. O leite de outra marca estava R$ 2,12 e o preço cobrado por ele aumentou para R$ 3,23. Em outra, o valor encontrado nos mercados passou de R$ 2,46 para R$ 3,70. 

Vale lembrar que o aumento injustificado de preços pode ser caracterizado como prática abusiva, o que fere o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor.  

Deixe seu comentário