Menu Lange
Menu Direita

Polícia Civil prende homem investigado por morte de família em São Domingos

Patrícia Silva | Polícia | 14/05/2021 14:16
Polícia Civil prende homem investigado por morte de família em São Domingos
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 5401

No início da manhã desta sexta-feira (14), a Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC), através da Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DIC-Fron) de São Lourenço do Oeste/SC e da Delegacia de Polícia de Comarca de Fronteira (DPCo-Fron) de São Domingos/SC, efetuou a prisão, na cidade de Ipuaçu/SC, de um homem de 31 anos de idade, investigado pelas quatro mortes e incêndio à residência ocorridos no início da manhã do último sábado (8), na Rua Valdir Humberto Lodi, nº. 7.925, bairro Esperança, na cidade de São Domingos/SC.

A partir dos resultados dos laudos periciais do Instituto Médico Legal (IML) do Núcleo Regional de Perícias de São Lourenço do Oeste/SC sobre duas das quatro mortes, a Polícia Civil passou a investigar o fatídico episódio como criminoso, tendo sido instaurado inquérito policial com a finalidade de apurar o “quádruplo homicídio”, onde foram ceifadas, por ferimentos com arma branca, as vidas de toda uma família, e, em seguida, ateado fogo à residência, provavelmente com o intuito de apagar qualquer indício que pudesse levar à descoberta da autoria de crime tão atroz.

Os trabalhos investigativos imediatos possibilitaram a colheita de provas que resultou no pedido de prisão temporária e outras medidas cautelares tendentes a apurar as infrações penais e sua autoria.

– A prisão do suspeito é medida imprescindível para as investigações policiais, no sentido de esclarecer os fatos, bem como garantir a escorreita colheita de provas no curso da investigação, com liberdade de manifestação e integridade física das testemunhas, evitando-se, ainda, o risco de fuga e ocultação de fontes de prova – divulgou a polícia.

Por se tratar de crime hediondo (especialmente grave), a prisão temporária foi decretada pelo prazo de 30 (trinta) dias, podendo ser prorrogada por igual período. As investigações continuam à cargo da Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DIC-Fron) de São Lourenço do Oeste/SC. O Instituto Geral de Perícias (IGP) também participa ativamente.

Deixe seu comentário

Acesse nosso grupo de notícias