Menu Lange
Menu Direita

Família pede orações para morador de Ponte Serrada que está internado na UTI Covid

Alessandra Bagattini | Comunidade | 07/04/2021 14:14
Família pede orações para morador de Ponte Serrada que está internado na UTI Covid Foto: Arquivo Pessoal
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 12934

A comunidade de Ponte Serrada e região está unida pedindo orações em prol de André Luiz Lorenzet. Aos 42 anos, Tio Dé, como é popularmente conhecido, testou positivo para a Covid-19 na segunda-feira (05) e devido as complicações precisou ser intubado.

Ele recebeu atendimentos no Hospital Regional São Paulo, de Xanxerê, mas precisou ser transferido para o Hospital Regional do Oeste, de Chapecó. Conforme a família, Tio Dé está com 60% do pulmão comprometido pela doença.

– Ele testou positivo na segunda-feira (05), mas antes disso ele já estava com alguns sintomas, fez três exames que deram negativo, apenas no quarto exame que deu que ele estava positivado para a doença. Ele frequenta a Apae, desde que ela foi fundada. O André, no seu nascimento, faltou oxigenação cerebral e ele ficou com uma lesão. Hoje, ele tem 42 anos e possui limitação cognitivas, epilepsia, faz uso de medicação controlada – diz a irmã de André, Ana Paula.

Diante da situação, a família pede o apoio da comunidade com orações em prol do morador de Ponte Serrada.

– Pelo fato dele ser especial, ele não sabe se expressar direito. Então isso dificultou um diagnóstico mais precoce, por isso o nosso pedido a vacinação para a classe das pessoas especiais. O André, Tio Dé, como todos conhecem é um anjo em nossas vidas, é um menino muito especial, se Deus quiser, e ele quer, o André vai sair dessa em breve – comenta.

Ana Paula aproveita para agradecer a todos os profissionais que prestaram e prestam atendimento ao seu irmão.

– Quero agradecer todos os atendimentos que foram prestados até o momento, tanto no posto de saúde de Ponte Serrada, quanto no Hospital Santo expedido, hospital de Xanxerê e agora o HRO em Chapecó que é onde ele se encontra hoje recebendo os cuidados necessários – conclui a irmã.

Deixe seu comentário

Acesse nosso grupo de notícias