Menu Lange
Menu Direita

Um vocalista de uma banda de Rock, que pilota seu próprio avião.

Michelle Sofiatti – Personal Branding | Michelle Sofiatti - Personal Branding | 18/07/2020 10:40
Um vocalista de uma banda de Rock, que pilota seu próprio avião.
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 3115

Dia 13 de julho foi comemorado o dia mundial do Rock. Apesar de ser uma data conhecida como mundial, é somente no Brasil que este dia em específico é celebrado. Em virtude dessa celebração, resolvi escrever sobre o avião de uma banda de heavy metal, que foi formada em 1975 e é conhecida como: Iron Maden. Vocês sabiam que essa banda tem seu próprio avião e quem é o piloto é o vocalista da banda? O Paul Bruce Dickinson, tem 61 anos, é cantor, radialista, escritor, palestrante, empresário e mestre cervejeiro. Um vocalista de uma banda de rock, que pilota seu próprio avião, e transporta sua banda e equipamentos para seus shows. Ele foi um piloto comercial da companhia área Astraeus Airlines. Com sua experiência como piloto, é ele quem comanda o Ed Force One, o avião oficial da banda, durante as turnês musicais. Parece história de cinema, mas a banda Iron Maiden teve seu próprio Boeing 747 para sua turnê mundial em 2016. E eu tive o prazer de conhecer de perto esse avião, quando ele pousou no aeroporto internacional de Brasília.

A banda fez uma turnê chamada “The Book of Souls World Tour” em 2016, foi um dos maiores shows do mundo, o Boeing 737 seria suficiente, mas como eles precisavam de capacidade de carga extra optaram pelo Boeing 747, que foi selecionado em fevereiro de 2016 e repintado com uma pintura especial do Iron Maiden. O modelo voou pelo mundo todo, inclusive pousando no Brasil. Um avião gigantesco que possui sua própria identidade, e nome dos países que fizeram a turnê foram gravados no avião. Bruce pode pilotar juntamente com uma equipe de outros pilotos o gigante da Boeing ao redor do mundo, quando estava cansado dos shows dormia, quando estava bem, voltava a sua função de piloto, que é sua paixão desde pequeno, antes mesmo de sonhar em ser cantor de rock. Realmente foi uma sensação incrível, ver esse avião pousando em solo brasileiro, e com todo esse conjunto de características que o tornou único e muito comentado em todo o mundo.

Certamente aviões de grandes portes cativam olhares, mas olhar para essa aeronave de perto foi certamente único. Sei que já faz alguns anos, no entanto, foi algo que me marcou. E as boas experiências elas nunca são esquecidas. Gostaria de ressaltar aqui, que quando temos aptidão e nos doamos ao que fazemos, podemos executar as tarefas da melhor forma. Bruce consegue desenvolver várias funções, mas nitidamente, a qual mais se destaca, é a de vocalista de uma banda mundialmente conhecida. Quando nos propomos a fazer muitas coisas, precisamos sempre ter aquela que se sobressai, pois é ela que evidencia a nossa real identidade. É difícil sermos bons em tudo, mas quando focamos naquilo que já fazemos bem, potencializamos isso e expandimos. Nem sempre precisamos deixar de lado algo que gostamos para fazer outra coisa, muitas vezes é possível conectar essas características e nos tornarmos únicos. Que possamos nos inspirar em Bruce Dickinson, evidenciando nossos pontos fortes e fazendo aquilo que realmente gostamos. E sobre a aeronave, ela ainda continua em operação, porém ela voltou à Islândia, onde para muitos, infelizmente, teve a pintura da banda removida e em seguida a aeronave foi alugada à Saudi Arabian Airlines para o uso regular de passageiros e desde então está nessa função.

Se tiverem alguma dúvida deixem nos comentários que vou adorar saber. Tenham um lindo final de semana, e se quiserem me acompanhar mais de perto, não deixem de me seguir nas redes sociais. Obrigada pelo seu tempo 😘

Instagram
YouTube

 

Deixe seu comentário

Acesse nosso grupo de notícias