Menu Lange
Menu Direita

A falta de serotonina causa sintomas de ansiedade e depressão

1 Bilhete | 1 Bilhete com Fabiane Padova | 06/09/2021 10:42
A falta de serotonina causa sintomas de ansiedade e depressão
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 2944

A serotonina é um neurotransmissor que atua no cérebro e é responsável, principalmente, pela regulação do sono, humor, apetite e cognição.

Não ao acaso, ela é conhecida popularmente como o hormônio da felicidade.

A serotonina é produzida naturalmente pelo corpo humano. Porém, devido às mudanças de hábitos dos seres humanos nos últimos tempos, a produção desse hormônio foi prejudicada. Estresse, alimentação inadequada e sedentarismo são os principais responsáveis pelo desequilíbrio da produção deste neurotransmissor.

As consequências da falta de serotonina no corpo refletem na saúde física e emocional. Da mesma forma, e não ao acaso, cada vez mais vemos pessoas desenvolverem sintomas de depressão e ansiedade.

A falta de serotonina é percebida pelo sentimento de tristeza, fadiga, cansaço, desânimo, dificuldade para dormir, instabilidade emocional e ansiedade.

As funções cognitivas como o pensamento, raciocínio lógico, memória, atenção e concentração também são prejudicadas.

O que fazer?

Inicialmente, temos a prevenção como principal aliada da saúde física e emocional. Atividades físicas regulares e alimentação equilibrada são fundamentais. Psicoterapia para tratar os primeiros sinais de ansiedade, estresse e instabilidade emocional auxilia para que o quadro não agrave.

Nos casos de depressão e ansiedade é necessário avaliação e intervenção por meio de tratamento adequado. Casos de depressão e ansiedade não podem ser tratados apenas com medicação.

A medicação atua nas funções químicas do sistema nervoso porém, é necessário trabalhar os danos cognitivos causados pela doença e isso só é possível por meio de psicoterapia.

Além do tratamento medicamentoso e psicoterápico, a mudança de hábitos se faz necessária. Novamente, batemos na tecla da atividade física e alimentação saudável.

A atividade física estimula a produção de serotonina. 80% da serotonina é produzida pelo intestino, por isso a importância da alimentação saudável.

E aí, foi útil este conteúdo? Se sim, compartilha com as pessoas que você gosta e fica de olho nas nossas redes sociais que tem mais conteúdo e dicas.

 

Fabiane Padova – Psicóloga clínica CRP 12/16382

(49)9 9999-9339

Redes sociais: @psic.fabianepadova.

Deixe seu comentário

Acesse nosso grupo de notícias